Plataforma online criada pelas prestadoras de telecomunicações atinge a marca de mais de 320 mil usuários cadastrados nas primeiras horas

nao-me-perturbeCriada para bloqueio de ligações de telemarketing, a iniciativa é pioneira no país e foi uma sugestão das próprias empresas de telecomunicações
Brasília, 16 de julho de 2019 – A plataforma online (www.naomeperturbe.com.br) criada pelas empresas de telecomunicações atingiu a marca de 328 mil pessoas cadastradas em pouco mais de 12 horas e 247 mil solicitações de bloqueio. A site vem tendo, em média, 13 mil acessos simultâneos, com pico superior a 40 mil acessos na parte da manhã.
A solução foi uma iniciativa pioneira das principais operadoras do país – Algar, Claro, Oi, Nextel, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo –, que poderá servir de exemplo para outros setores.
Na ferramenta, o usuário pode registrar seu número de telefone para não receber ligações de telemarketing das prestadoras de telecomunicações signatárias, com natureza de venda de produtos e serviços (telefonia fixa, celular, internet e TV por assinatura). É um canal único na internet no qual o usuário fará a inclusão de seu número no Cadastro Nacional Setorial de Não Perturbe e poderá escolher de quais operadoras não deseja receber ligações. Para isso, terá que informar nome completo, CPF e e-mail, para criar um login e senha de acesso. O bloqueio será efetivado em até 30 dias corridos a partir da data da solicitação.
O Brasil tem 266 milhões de clientes de telefonia fixa e móvel. A iniciativa surgiu do diálogo entre as prestadoras e a Anatel, com o objetivo de respeitar a vontade de cada usuário individualmente. Isso demonstra o comprometimento das prestadoras em desenvolver iniciativas para aprimorar a utilização dos serviços de telecomunicações no Brasil.