O preço da banda larga móvel no Brasil está entre os mais baixos do mundo

febratelBrasília, 8/10 - O preço da banda larga móvel no Brasil está entre os mais baixos do mundo, considerando um grupo de 18 países que concentram as maiores densidades de acessos móveis em relação ao número de habitantes. Os dados constam do estudo Desempenho Comparado de Preços da Banda Larga Fixa e Móvel, que passa a ser divulgado periodicamente pela Febratel e pela Telebrasil.

No caso da banda larga móvel pré-paga, o valor da cesta de serviços é de US$ 5,30, o segundo mais barato do mundo, entre os países estudados, atrás apenas da Índia. Esses valores se reduzem bastante quando retiramos a carga tributária, que é de 43% sobre os serviços, caindo para US$ 3,70. Sem os tributos, o preço da banda larga móvel pré-paga brasileira é o segundo mais barato, atrás somente da Índia. Na banda larga móvel pós-paga, a cesta brasileira custa US$ 11,60, com tributos.

Para fazer a avaliação, foi considerada uma cesta de banda larga pré-paga com consumo de pelo menos 300 MB e de banda larga pós-paga com consumo de dados de pelo menos 500 MB.

O estudo adotou como preço de referência para o país o preço da prestadora líder em market share, apurado nos sites das prestadoras, na moeda local do país e convertida para o dólar. Os preços foram coletados para pacotes de dados em tecnologias 3G e 4G para utilização em telefones celulares, não tendo sido considerados planos para modems. Foi dada preferência a pacotes que não fazem parte de um combo com voz e outros serviços.

08-10-2014-cesta-banda-larga-pre-paga

No caso da banda larga fixa, foi considerado um consumo mínimo de dados de 1GB, com velocidade de download acima de 1 Mbps, superior à velocidade considerada pela União internacional de Telecomunicações, que é de 256 kbps. O preço apurado foi de US$ 13,20, com tributos, o que coloca o Brasil na terceira posição do ranking de preços mais baratos da banda larga fixa.

08-10-2014-cesta-banda-larga-fixa

O levantamento também comparou os preços dos serviços de telefonia fixa, e chegou-se a um valor de US$ 10,60 para a cesta de referência. Esses valores caem sensivelmente quanto é retirada a carga tributária, passando para US$ 7,40. Na composição da cesta foi considerada assinatura mensal, sem o valor da franquia de minutos incluída, e 30 minutos de chamadas locais, sendo 15 minutos em horário normal e 15 minutos no horário da tarifa reduzida.

Metodologia - O Desempenho Comparado considera outros 17 países além do Brasil, que juntos representam 55% da população mundial e alto grau de relevância para o mercado de telecomunicações. Nesse sentido, foram coletados dados da Argentina, Austrália, Brasil, Chile, China, Colômbia, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Itália, Japão, México, Peru, Portugal, Reino Unido e Rússia. No caso da banda larga pré-paga, não foram considerados a Argentina (que só oferece planos de dados por dia) e a Coréia e o Japão, que não oferecem planos de dados para a banda larga móvel pré-paga.

No Brasil, há 45 milhões de telefones fixos e 170 milhões de acessos em banda larga, sendo 147 milhões de banda larga móvel e 23 milhões de banda larga fixa. O estudo completo está disponível em http://www.telebrasil.org.br/panorama-do-setor/desempenho-comparado . E a apresentação sobre o tema pode ser acessada no link http://www.telebrasil.org.br/posicionamentos/posicionamentos/apresentacoes .

cadastre sua empresa

Convênios e Parcerias

convenios-firmados-telebrasil

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Recomende aos amigos!

TELEBRASIL


foto-localizacao-telebrasil 

Razão Social: TELEBRASIL - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES
Tel.: +55 (21) 2244-9494
Fax:+55 (21) 2542-4092
CNPJ/MF: 42.355.537/0001-14
Inscrição Municipal: 01.062.450

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.