Nova política para banda larga prevê cessão de prédios públicos para instalação de antenas

Nova política A nova política para banda larga, segundo decreto que está sendo discutido em consulta pública, prevê o uso de prédios federais por prestadoras para a instalação de infraestrutura, como antenas de celular. A proposta é que as empresas de serviços de telecomunicações procurem o órgão responsável pelo edifício a ser usado, em procedimento que dispensa licitação.