Telecomunicações são cruciais para construir o futuro do Brasil

Telecomunicações-02-08-2017A Lei Geral de Telecomunicações – que completou 20 anos no dia 28 de julho – foi à época uma legislação moderna que trouxe muitos avanços para o Brasil, e as próximas décadas estão sendo definidas a partir da aprovação das novas regras inseridas em sua revisão, sustenta o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Construir rede é a prioridade do Plano Nacional de Conectividade

construir rede-02-08-2017O novo Plano Nacional de Conectividade – que faz uma revisão das políticas públicas voltadas à expansão do acesso à Internet no País, em substituição ao Programa Nacional de Banda larga – será colocado em consulta pública em agosto, conforme revela o secretário de Telecomunicações do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), André Borges.

Frente parlamentar em apoio às cidades inteligentes quer desonerar Internet das Coisas

Frente parlamentar-02-08-2017 Para gerar um ambiente favorável ao desenvolvimento de novas redes de telecomunicações, deputados e senadores criaram a Frente Parlamentar Mista em Apoio às Cidades Inteligentes e Humanas e têm na mira projetos para desonerar o setor e usar recursos já disponíveis para fomentar infraestruturas de nova geração.

Sem conectividade não existe a indústria 4.0

Sem conectividade-02-08-2017 A virtualização e a capacidade de realizar network slicing, que permite a uma operadora gerar diversos tipos de rede a partir de uma infraestrutura única, compõem os aspectos mais sensíveis no processo de migração para a chamada indústria 4.0. A afirmação é de David Hutton, líder da área de Networks da GSMA, em entrevista à newsletter da Telebrasil. De acordo com Hutton, a conectividade é imprescindível na migração para a indústria 4.0, e a virtualização será um aspecto mais que evolutivo do 5G.

Harmonização do espectro é vital para a banda larga móvel

Harmonização-02-08-2017A harmonização do espectro é crucial para o Brasil se preparar para a nova era da conectividade que virá com o 5G. A advertência é feita pela diretora da Área de Espectros Futuros da GSMA, Luciana Camargo. Em entrevista à newsletter da Telebrasil, a especialista destaca que os consumidores do Brasil se beneficiaram do papel ativo desempenhado pela indústria e pelo governo para garantir que o País esteja alinhado com o espectro harmonizado para a banda larga móvel.

Cidades Inteligentes são prioridade no Plano Nacional de Internet das Coisas

Cidades inteligentes - 02-08-2017Cidades Inteligentes, Saúde e Rural. Estas serão as áreas prioritárias de direcionamento de iniciativas e políticas públicas para o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) no Brasil, de acordo com as conclusões da fase 2 do estudo técnico “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”, que é capitaneado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Brasil supera os 200 milhões de acessos móveis à Internet

Brasil supera - 02-08-2017O Brasil já ultrapassou a marca de 200 milhões de acessos móveis à Internet. De acordo com balanço da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) do mês de junho, o número de acessos nas tecnologias 3G e 4G chegou a 202 milhões. Ao todo 5.030 municípios já contam com infraestrutura móvel de internet. São cidades onde moram 98,4% da população brasileira.

Brasil teve aumento de 451% na adoção de velocidade de 15 Mbps

Brasil aumento - 02-08-2017 Elaborado trimestralmente pela Akamai, o ranking global de velocidade de conexões à Internet atesta a boa performance do Brasil na banda larga. De acordo com o levantamento, o País teve média de 6,8 Mbps no primeiro trimestre de 2017. Isso significa uma subida de oito posições no ranking – 79º lugar e 16 acima do 95º lugar que ocupava em 2015.

Banda larga móvel em 700 MHz chega a 2.023 cidades brasileiras

banda larga-02-08-2017 Em 2.023 cidades de todo o País já existe viabilidade técnica para a entrada em operação do sinal do serviço de telefonia móvel na faixa de 700 Megahertz (MHz). A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) liberou, em 26 de julho, o licenciamento das estações em mais 142 municípios de 13 regiões. Entre eles estão as capitais Belém (PA), Porto Velho (RO), João Pessoa (PB) e Vitória (ES).

MCTIC: telecomunicações são a base para a Internet das Coisas crescer no Brasil

MCTIC As telecomunicações são a base para a Internet das Coisas existir no Brasil. Sem essa infraestrutura para fornecer os serviços que o ecossistema exige, não haverá Internet das Coisas no País, sustenta o secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Maximiliano Martinhão.

Leia mais

Inovação é crucial para gerar riqueza nos negócios de IoT

negócio lot O presidente do CPqD, Sebastião Sahão Júnior, considera que a Internet das Coisas tem a missão de melhorar a segurança, a saúde e a qualidade de vida do cidadão e, em consequência, fomentar o desenvolvimento econômico dos países. Em entrevista à newsletter da Telebrasil, o executivo adverte que, hoje, o dever do governo brasileiro é dar continuidade às ações para transformar o Plano Nacional de Internet das Coisas em uma política pública.

Leia mais

Luiz Alexandre Garcia é reconduzido à presidência da Telebrasil, SindiTelebrasil e Febratel

Alexandre GarciaO economista Luiz Alexandre Garcia foi reeleito para o comando da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) e da Federação Brasileira de Telecomunicações (Febratel). O novo mandato se encerrará em 23 de julho de 2019.

Leia mais

Internet das Coisas requer isenção integral do Fistel

internet coisasPara deslanchar no Brasil, a Internet das Coisas requer a isenção integral do Fistel - Fundo de Fiscalização das Telecomunicações, afirma o diretor do SindiTelebrasil Sérgio Kern. Segundo ele, somente sem a cobrança do tributo será possível assegurar a sustentabilidade das ofertas ao consumidor. "O setor é excessivamente tributado, e precisamos corrigir essa rota em Internet das Coisas", acrescenta.

Leia mais

Plano de IoT será um marco na revolução digital brasileira

Plano lotO Plano Nacional de Internet das Coisas será um marco na revolução digital da sociedade brasileira, afirma a chefe do Departamento de TIC do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Irecê Kauss Loureiro. A executiva, que concedeu entrevista à newsletter da Telebrasil, observa que a Internet das Coisas tem dois objetivos: melhorar a qualidade de vida do cidadão e acelerar a economia do País.

Leia mais

Maior projeto agrícola de IoT no Brasil usa LTE para efetivar controle em tempo real

antena verde Uma solução que reúne o desenvolvimento de rede móvel de quarta geração baseada na tecnologia LTE (Long Term Evolution) e sensoriamento de RFID, licenciada para a Trópico, empresa do Universo CPqD, está sendo testada para resolver, em tempo real, grande parte dos problemas originados em 300 mil hectares de cultivo de cana-de-açúcar do Grupo São Martinho S/A, que possui ainda quatro usinas sucroenergéticas, sendo três no estado de São Paulo e uma em Goiás. O gestor de Inovação do Grupo São Martinho, Walter Maccheroni, afirma que o projeto é o mais importante de Internet das Coisas do grupo.

Leia mais

Expansão de projetos de IoT redesenha modelo de negócios

predios O desenvolvimento da tecnologia de Internet das Coisas (IoT) no Brasil será um estímulo ao aumento de competitividade e aos investimentos na camada de conectividade. A afirmação é de Marcia Ogawa, sócia-líder da Deloitte para o atendimento à indústria de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações.

Leia mais

Internet das Coisas impulsiona a transformação digital

globoA Internet das Coisas é prioridade número 1 para 92% das organizações que almejam a transformação digital, aponta a pesquisa "O Futuro da IoT nas Empresas - 2017", feita pela Vanson Bourne a pedido da Inmarsat. O levantamento mostrou que a aprendizagem de máquina (38%), a robótica (35%) e a impressão 3D (31%) também são requisitos essenciais para a efetiva transformação digital das empresas.

Leia mais

Brasil: um mercado de R$ 40 bilhões para IoT até 2020

dinheiro Até 2020, o ecossistema de Internet das Coisas no Brasil deve alcançar uma receita de US$ 40 bilhões, ou US$ 13 bilhões, se o Plano Nacional de Internet das Coisas for efetivamente conduzido pelo governo, pontua a IDC Brasil. Para a consultoria, o avanço de IoT está conectado ao uso de ferramentas de análise, fundamentais para transformar dados em valor para os negócios, e à computação em nuvem, que será a plataforma para processar os dados. Até 2019, segundo a IDC, 43% dos dados de Internet das Coisas serão tratados na nuvem.

Leia mais

IoT descortina nova era de conectividade

Iot Uma nova era de conectividade expande-se por todo o mundo a partir do desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT). Da indústria ao dia a dia de qualquer habitante do planeta que tenha um smartphone, a IoT torna-se, a cada segundo, mais real, combinando um conjunto de tecnologias novas e existentes, para transformar qualquer objeto em uma fonte de informação sobre si mesmo.

Leia mais

Conexões M2M vão responder por 5% do tráfego IP no mundo até 2021

chipPróximos cinco anos (2016-2021), a transformação digital global continuará a ter um impacto significativo nas demandas e requisitos das redes IP, de acordo com dados divulgados no Cisco Visual Networking Index (VNI). O aumento previsto em termos de número de usuários da Internet é de 3,3 bilhões para 4,6 bilhões, ou seja, 58% da população mundial, com crescimento também da adoção de dispositivos pessoais e conexões máquina-a-máquina (M2M) – de 17,1 bilhões para 27,1 bilhões.

Leia mais 

Banco móvel é o canal preferido dos brasileiros para transações financeiras

002 bmA expansão da oferta de infraestrutura de banda larga, em especial do 3G e do 4G, permitiu que o banco móvel se consolidasse como o canal preferido dos brasileiros, tendo sido responsável por 21,9 bilhões das transações bancárias realizadas no ano passado – um crescimento de 96% em relação a 2015, revela a Pesquisa de Tecnologia Bancária 2017, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), conduzida pela consultoria Deloitte.

Leia mais

Internet móvel está presente em mais de 5 mil municípios do Brasil

002 3g4gO balanço de abril da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) revela que 5.016 municípios, onde moram 98,3% da população brasileira, já contam com redes de terceira geração (3G). Desde abril do ano passado, 372 novos municípios receberam as redes de 3G, o que representa um crescimento de 8% no período. Essa cobertura de 3G está muito acima da obrigação imposta às operadoras, que é de 3.668 municípios.

Leia mais

Painel Telebrasil 2017 acontece nos dias 19 e 20 de setembro

telebrasil2017 300x250bA 61ª edição do Painel Telebrasil acontecerá em Brasília, nos dias 19 e 20 de setembro. Executivos e autoridades do setor irão debater como preparar o Brasil para um novo ciclo que implicará a evolução do modelo político-regulatório setorial, o incentivo a novos e vultosos investimentos e a adoção de políticas públicas e estratégias empresariais que possibilitem a expansão da Internet das Coisas (IoT) e o surgimento da quinta geração da banda larga móvel (5G) e das redes de alta capacidade, assim como novos serviços digitais e soluções completas com TICs.

Leia mais

Burocracia segue como entrave para o fomento da internet

002 burocraciaA segunda edição do ranking das Cidades Amigas da Internet, realizado pelo portal Teleco, poderá ter novidades no top 10. Segundo o responsável pelo estudo, Eduardo Tude, há cidades que, em função da explosão da demanda por banda larga móvel por parte de seus moradores, decidiram adequar suas legislações em prol de mais infraestrutura.

“Houve municípios que revogaram as barreiras, mas também estamos constatando localidades que não evoluíram desde o último levantamento”, adianta o especialista.

Leia mais

Abrintel: barreiras à infraestrutura são originadas pelo preconceito

playlourencoPara atender à demanda da sociedade brasileira por banda larga móvel, as gestões municipais devem se conscientizar que sem infraestrutura não há condições de ofertar um serviço de qualidade ao cidadão, sustenta o presidente da Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel), Lourenço Pinto Coelho, em entrevista à newsletter da Telebrasil. Segundo o executivo, a maior parte das dificuldades é originada pelo preconceito.

Leia mais

Sem antena, sem celular

playantenasNinguém vive sem celular e o celular não funciona sem antena. Permitir o acesso às telecomunicações, além de incluir pessoas, gera riqueza para a economia do país. Esse é o mote do vídeo produzido pelo setor para alertar sobre a necessidade de as autoridades compreenderem a importância de se ter leis que possibilitem e incentivem a instalação de antenas para atender a demanda da população por banda larga e para o desenvolvimento dos próprios municípios.

Leia mais

Dois anos depois da Lei das Antenas, mais de 300 municípios ainda têm legislação defasada

lei-das-antenas antenosA Lei das Antenas (13.116/15) completou dois anos, mas ainda há mais de 300 municípios do País com regras distintas e limitações que extrapolam a legislação federal, o que têm dificultado o processo de expansão da infraestrutura e, portanto, a ampliação da cobertura dos serviços. Para a Telebrasil, cidades que impõem restrições em determinadas regiões ou zoneamentos estão, na prática, restringindo o acesso de usuários que precisam do serviço móvel.

Leia mais

Na era digital, vamos falar da democratização da Internet

banner-modulo-newsletterA Associação Brasileira de Telecomunicações começa hoje um novo trabalho de comunicação com a Newsletter Telebrasil, destinada a fomentar a discussão dos temas mais relevantes para o desenvolvimento das Telecomunicações no Brasil.

Na Newsletter Telebrasil, não vamos falar mais apenas de voz, vamos falar também de levar o acesso à Internet em alta velocidade para todos os municípios do País. Vamos falar de Internet das Coisas, da revolução dos objetos conectados e da importância de se incentivar a implementação das cidades inteligentes.

Estamos imbuídos de energia para o fortalecimento do nosso monobloco, com a participação do SindiTelebrasil e da Febratel, rumo à criação da nossa Confederação. O objetivo é unir esforços das operadoras e dos provedores da indústria para, de forma harmônica, dialogar com Anatel e com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, para promovermos a digitalização do Brasil.

Boa leitura! Luiz Alexandre Garcia Presidente da Telebrasil

Acesse aqui a nossa newletter

Big data: uma oportunidade de novos negócios

big data news1O big data é uma oportunidade de crescimento para as prestadoras de serviços de telecomunicações na América Latina. “Os dados dos usuários, serviços, redes, localização e fontes de gerenciamento podem ser monetizados através da promoção de produtos, propaganda direcionada, qualidade de experiência (QoE) e otimização de rede”, salienta Carina Gonçalves, analista da Indústria de Transformação Digital da consultoria Frost & Sullivan.

Leia mais

Internet das Coisas lidera entrega de propostas para a Chamada Brasil-União Europeia

iot-news1A 4ª Chamada Coordenada Brasil – União Europeia, destinada à pesquisa em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), recebeu 50 propostas, o que representa um aumento de 28% em relação ao edital anterior. Do total, 33 projetos são em Internet das Coisas, 13 em computação em nuvem e quatro em redes 5G.

Leia mais

Terceirização traz segurança jurídica para a cadeia produtiva de telecomunicações

terceirizacao news1A lei que permite a terceirização em todas as atividades da empresa, sancionada pelo presidente Michel Temer no dia 31 de março, além de trazer segurança jurídica para os investimentos, vai possibilitar o aumento da competitividade global da empresa brasileira, estimulará o ritmo de inovações e terá o papel de facilitar a inclusão de um número cada vez maior de brasileiros, sustenta a Federação Brasileira de Telecomunicações (Febratel).

Leia mais

Brasil bate recorde de ativações de 4G no mês de marçoo

4g news1O Brasil bateu recorde de ativações mensais em banda larga 4G no mês de março, com 4,7 milhões de novos acessos. É o melhor desempenho desde que a tecnologia de quarta geração começou a ser utilizada no País, em março de 2013. Ao todo, já existem no Brasil, 71,3 milhões de acessos 4G, segundo balanço de março da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), o que representou um crescimento de 119% nos últimos 12 meses. Desde março de 2016, 39 milhões de novas conexões 4G foram ativadas.

Leia mais

A cada hora, usuários de telecom pagam R$ 7 milhões em tributos no País

a cada hora usuarios de telecom pagam 7 milhoes em tributos no paisOs usuários dos serviços de telecomunicações pagaram no ano passado R$ 64 bilhões em tributos, o que representou um crescimento de 6% em relação a 2015, de acordo com balanço da Telebrasil. Isso significa que a cada hora foram pagos R$ 7 milhões em tributos, em 2016. Não só o valor total vem crescendo, mas também o peso que os tributos têm nas contas de serviços de telefonia fixa e celular, banda larga e TV por assinatura.

Leia mais

Prestadoras de serviços de telecomunicações investiram R$ 28 bilhões em 2016

prestadoras de serviços de telecomunicações investiram 28 bilhoes em 2016As prestadoras de serviços de telecomunicações investiram R$ 28 bilhões em 2016, especialmente em expansão de infraestrutura, ampliação de cobertura e melhoria da qualidade dos serviços. O nível elevado de investimentos mostra a confiança do setor no País, mesmo com as crescentes dificuldades, como aumento da carga tributária, baixas margens de retorno e pesado custo regulatório.

Leia mais

cadastre sua empresa

Convênios e Parcerias

convenios-firmados-telebrasil

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Recomende aos amigos!

logo-telebrasil 11

  

TELEBRASIL


foto-localizacao-telebrasil 

Razão Social: TELEBRASIL - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES
Tel.: +55 (21) 2244-9494
Fax:+55 (21) 2542-4092
CNPJ/MF: 42.355.537/0001-14
Inscrição Municipal: 01.062.450

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.