Forum de infraestrutura e conectividade para smart cities - Edição Belo Horizonte

Nos últimos anos, o conceito de Smart Cities (Cidades Inteligentes) ganhou força globalmente e começou a ser desenhado em todo o mundo.


Hoje, já é possível ver algumas das consequências no planeta: cidades com sistemas elétricos mais autônomos, redes hidráulicas controladas por centrais remotas, novas aplicações de segurança pública, saúde, educação, Werable, Automotive, Smart Grid, transportes, dentre outros.


O conceito definido pelo uso da tecnologia para melhorar a infraestrutura e aplicações de IoT, torna as cidades mais eficientes e melhores de se viver, se propagando pelas principais capitais do Brasil.


Através de palestras, painéis e área de expositores, serão apresentados cases de inovação e trocas de experiências no que existe de mais moderno no mercado tecnológico, onde executivos especializados, farão demonstrações de produtos e soluções.

Leia mais...

Forum de infraestrutura e conectividade para smart cities

Nos últimos anos, o conceito de Smart Cities (Cidades Inteligentes) ganhou força globalmente e começou a ser desenhado em todo o mundo.


Hoje, já é possível ver algumas das consequências no planeta: cidades com sistemas elétricos mais autônomos, redes hidráulicas controladas por centrais remotas, novas aplicações de segurança pública, saúde, educação, Werable, Automotive, Smart Grid, transportes, dentre outros.

Leia mais...

FGV: tarifas de telecom sobem pouco para as famílias de baixa renda

08/01/2016

Os preços dos serviços de comunicação, incluindo telefonia celular e banda larga, foram os que menos subiram em 2015 segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas. A instituição mediu a inflação da baixa renda, pelo Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), e constatou que a alta média de preços foi de 11,52% no acumulado do ano, enquanto os serviços de comunicação subiram 1,11%. Índices como os de habitação e de transportes, que subiram 14,6% e 13,2%, respectivamente.

Leia mais...

Preço dos serviços de comunicação sobe 2,11% em 2015

08/01/2016

A inflação fez com que os serviços de comunicações ficassem mais pesados para o bolso dos consumidores brasileiros em 2015, principalmente para a população de baixa renda, embora o aumento tenha sido menor do que o registrado em demais grupos na economia do País. O IBGE divulgou nesta sexta-feira, 8, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro do ano passado, que mostra que foi registrada uma variação menor nos preços dos serviços de comunicação: caiu de 1,03% em novembro para 0,43% em dezembro, resultando assim em um impacto menor no índice geral: de 0,04 ponto percentual (p.p.) para 0,01 p.p..

Leia mais...

Serviços de telecom pesam menos na inflação da baixa renda em 2015

08/01/2016

SÃO PAULO - O preço dos serviços de comunicação, incluindo telefonia celular e banda larga, foi o que menos subiu para a baixa renda (famílias entre 1 e 2,5 salários mínimos) em 2015, segundo o Índice de Preços ao Consumidor — Classe 1, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A inflação medida pelo IPC-C1 foi de 11,52% no ano passado, enquanto os preços de serviços de comunicação avançaram 1,11%. Setores como habitação e transportes lideraram as altas, com variação positiva de 14,6% e 13,2%, nesta ordem.

Leia mais...

Banda larga 4G cresce 308% em 12 meses, diz Telebrasil

07/12/2015

O número de acessos em banda larga móvel pela tecnologia 4G cresceu 308% em 12 meses e chegou a 20,4 milhões em todo o Brasil, em outubro. Os dados fazem parte do levantamentoda Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), divulgado nesta segunda-feira, 7.

Segundo o estudo, a banda larga móvel, considerando os acessos em 3G e 4G, se manteve estável em 200,5 milhões de acessos. E, desde outubro de 2014, houve um crescimento de 29%, com 45 milhões de novas ativações.

Leia mais...

Brasil já tem mais de 20 milhões de acessos em 4G

07/12/2015

O número de acessos em banda larga móvel pela tecnologia 4G chegou a 20,4 milhões em todo o país, de acordo com o levantamento do mês de outubro da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Nos últimos 12 meses, a banda larga 4G cresceu 308%, com a ativação de 15 milhões de novos acessos.

No entanto, considerando os resultados em 3G e 4G, o número de acessos em banda larga móvel se manteve estável, com 200,5 milhões.

Leia mais...

Pela primeira vez, número de celulares ativos diminui no Brasil

24/11/2015

Parte daqueda é atribuída à diminuição do número de celulares com chips pré-pagos Arquivo/ABr

Estudo divulgado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil )mostra que, pela primeira vez, houve diminuição do número de linhas de celulares ativas no Brasil. Essa tendência era esperada, masdeforma mais lenta e só daqui a dois ou três anos, informou o presidente da entidade, Eduardo Levy. Os 275 milhões de celulares ativos em setembro de 2015 representam uma queda de1%ao longodo ano.

Leia mais...

Previsão é que PIS/Cofins pode reduzir vendas em 18%

27/11/2015

Ivone Santana As vendas de smartphones e produtos de informática no varejo poderão cair 18% em 2016, de RS 66 bilhões para R$ 54 bilhões, se for confirmada a volta da cobrança de PIS/Cofins a partir de janeiro. A conta é da Abinee, que representa a indústria elétrica e eletrônica, e inclui notebooks, computadores de mesa, tablets e modems.

As perdas são calculadas com base no fim da Lei do Bem, em vigência desde 2005 e que garantiu a venda sem impostos de 95% dos PCs e notebooks, 98% dos tablets e 83% dos smartphones, estima a Abinee.

Leia mais...

País terá oportunidades na evolução da internet das coisas se enfrentar desafios, dizem especialistas

26/11/2015

O Brasil tem grande oportunidade de se sobressair na evolução da internet das coisas (IoT, na sigla em inglês), mas precisa enfrentar enormes desafios para isso. A afirmação é do presidente-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), Sérgio Paulo Gallindo, que falou nesta quinta-feira, 26, em audiência pública na Câmara dos Deputados sobre o tema. Para ele, o primeiro passo será o engajamento do governo, parlamentares e empresários nesse projeto.

Leia mais...

Pagina 1 de 564

cadastre sua empresa

Convênios e Parcerias

convenios-firmados-telebrasil

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Recomende aos amigos!

logo-telebrasil 11

  

TELEBRASIL


foto-localizacao-telebrasil 

Razão Social: TELEBRASIL - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES
Tel.: +55 (21) 2244-9494
Fax:+55 (21) 2542-4092
CNPJ/MF: 42.355.537/0001-14
Inscrição Municipal: 01.062.450

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.