TELEBRASIL em Foco

O TELEBRASIL Em Foco é a newsletter da TELEBRASIL, na qual abordamos as principais notícias do setor e as novidades da Associação. Caso você queira receber nossos informativos, cadastre-se aqui.

Caso você tenha perdido alguma edição, acesse abaixo o conteúdo online.

O palestrante do 55º Painel TELEBRASIL Riel Miller: "ensino deve ser um compromisso fundamental para a sociedade”

Riel Miller é consultor, professor, palestrante em inúmeros fóruns internacionais, com interesse interdisciplinar, dentre eles, economia, prospecção estratégica, educação, tecnologias. Reside em Paris (França). Concedeu entrevista em inglês, via e-mail, à TELEBRASIL. O 55º Painel TELEBRASIL, com o tema "soluções completas com TIC em banda larga como alavancas para a inclusão social e a competitividade global", acontece nos dias 1&ord m; e 2 de junho de 2011, em Brasília (DF) . Inscreva-se agora.

A seguir, a instigante entrevista, traduzida do inglês e editada pela TELEBRASIL, que Riel Miller nos concedeu com exclusividade:

TELEBRASIL – É a primeira vez que o Sr. vem ao Brasil?
Riel Miller – Sim.

A primeira pergunta indagou sobre o futuro da América Latina. Ampliando a resposta, o entrevistado indicou como ele vê o mundo caminhando.

icon Leia mais

55º Painel TELEBRASIL é agora e elege: "soluções completas com TIC em banda larga" como "alavancas para a inclusão social e a competitividade global"

Marque na sua agenda. O tema é superatual, "Soluções completas com TIC em banda larga"; o local é o Unique Palace, o mais novo centro de convenções de Brasília (DF); os participantes, do mais alto escalão. O 55º Painel TELEBRASIL acontece nos dias 1º (quarta-feira) – início às 19h – e 2 de junho (quinta-feira) de 2011. Inscreva-se agora.

Há quase quatro décadas, a TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações realiza seus painéis, sem interrupção. Cada evento, individual em si e de cunho estratégico, soube sempre ser modulado à conjuntura do momento. Permanece válido o que foi dito no Painel I: "as dificuldades financeiras podem ser amenizadas por um orçamento que reflita a realidade". O tema central do 55º Painel TELEBRASIL – Soluções completas com TIC em banda larga – é da maior atualidade no mundo e para o Brasil.

O 55º Painel, à semelhança de seus predecessores, validará a fórmula: tema atual que impacta o futuro; debate de mais alto nível e múltiplo, em que a unidade surge da diversidade; e ambiente que promove o congraçamento e a troca de idéias. No 55º Painel, à semelhança da "Carta de Guarujá 2010" do 54º Painel, sairá a "Carta de Brasília 2011". Será um road map do setor privado das telecomunicações brasileiras, para atingirmos o mais rapidamente possível, em conjunção com as demais forças da nação, o objetivo de um país econômica e socialmente desenvolvido.

icon Leia mais

Banda larga: número de domicílios com acesso ao serviço cresce 8.000% em 10 anos

De acordo com levantamento feito pela TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações, o número de domicílios com acesso à Internet banda larga cresceu mais de 80 vezes nos últimos dez anos, passando de 200 mil, no início da última década, para 17,4 milhões, no fim de 2010. Com base em dados preliminares do Censo 2010, 58 milhões de brasileiros já possuem banda larga em casa. Veja, a seguir, texto enviado à imprensa sobre o tema.

“Número de domicílios com banda larga cresce 8.000% em 10 anos

Na última década, mais de 17 milhões de residências passaram a ter acesso aos serviços e hoje 58 milhões de pessoas já possuem internet rápida em casa.

Brasília, 06 – O número de domicílios com acesso à internet em banda larga cresceu mais de 80 vezes nos últimos dez anos, passando de 200 mil, no início da última década, para 17,4 milhões, no fim de 2010. De acordo com levantamento feito pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) com base em dados preliminares do Censo 2010, 58 milhões de brasileiros já possuem banda larga em casa.

icon Leia mais

TELEBRASIL registra artigo sobre “Infraestrutura e Insegurança Jurídica” e os perigos daí decorrentes

“Uma Babel normativa” é como Silvia R. B. Melchior e Rafael M. de Souza* qualificam a legislação referente à infraestrutura das telecomunicações do País. Os especialistas mostram como comunicações celulares, redes e o Plano Nacional de Banda Larga são profundamente afetados por esse fenômeno. Veja aqui.

A intervenção dos estados e dos municípios, que têm editado normas exageradamente restritivas, ameaça a expansão das redes de telecom e até mesmo as metas do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga). Já é chegada a hora de os tribunais superiores enfrentarem a difícil questão sobre os limites da competência de estados e municípios para legislar e regular a infraestrutura.

No ano de 2010, o Brasil superou a marca de 200 milhões de celulares, segundo notícia publicada na edição de 20 de janeiro de 2010 do jornal Folha de S.Paulo e nos informativos da própria Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Não há, no País, serviço que atenda tamanho número de usuários: serviços bancários, planos de saúde, cartõe s de crédito — nenhum deles alcança tantas pessoas. Mesmo serviços prestados pelo Governo (previdência social, saneamento básico, etc.) não chegam a tantos brasileiros, se considerado cada serviço isoladamente.

icon Leia mais

Banda larga: 38,5 milhões de acessos somente no primeiro trimestre

Os acessos em banda larga fixa e móvel das prestadoras de serviços de telecomunicações avançaram 51,5% em relação à quantidade no final de março de 2010, segundo levantamento realizado pela TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações. Veja, aqui, o texto enviado para a imprensa.

“Brasil fecha primeiro trimestre com 38,5 milhões de acessos em banda larga

Brasil está entre os nove países com maior número de conexões à internet rápida e lidera ranking na América Latina.

Brasília, 19 – Os acessos em banda larga fixa e móvel das prestadoras de serviços de telecomunicações no Brasil alcançaram 38,5 milhões no final do primeiro trimestre de 2011, um avanço de 51,5% em relação à quantidade no final de março de 2010, segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). O crescimento extraordinário desse segmento já coloca o Brasil, de acordo com consultorias internacionais, na oitava posição no mercado mundial de banda larga móvel e em nono lugar entre os países com maior número de acessos fixos.

icon Leia mais

Decreto nomeia representante das entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações para o Conselho Consultivo da Anatel

Decreto, de 7 de abril de 2011, assinado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, e pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo Silva, publicado no D.O.U. de 8 de abril último, nomeou o representante das entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações para integrar o Conselho Consultivo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Eduardo Levy Cardoso Moreira, indicado pela Federação Brasileira de Telecomunicações (Febratel), tomará posse na próxima sexta-feira, 15 de abril. Veja aqui.

Brasília, 11 – O diretor executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), Eduardo Levy, participará do Conselho Consultivo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como representante das entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações. A designação foi feita por decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União do último dia 7 de abril. Indicado pela Federação Brasileira de Telecomunicações (Febratel) ao Ministério das Comunicações, Levy tomará posse na próxima sexta-feira, 15, num mandato que vai até fevereiro de 2014.

O Conselho Consultivo é o órgão por meio do qual a sociedade organizada participa das atividades e decisões da Anatel. Seus doze membros são designados por decreto da Presidência da República e escolhidos entre indicações feitas pelo Senado Federal, Câmara dos Deputados, Poder Executivo, entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações, entidades representativas dos usuários e entidades representativas da sociedade. O Conselho tem autonomia para tratar de políticas públicas de telecomunicações e fiscalizar a atuação da Anatel, encaminhando suas conclusões e análises para o Poder Executivo.

icon Leia mais

Ecos: Políticas de (Tele)Comunicações – II

O Seminário de 24 de fevereiro deste ano, em Brasília (DF), ocorreu com timing e em local oportunos. O mandato do Governo Dilma Rousseff se iniciara, semanas antes, em 1º de janeiro. No evento, o titular da pasta das Comunicações, Paulo Bernardo Silva e outros dirigentes, bem como representantes da iniciativa privada e da sociedade civil, trataram dos desafios e soluções do setor das (Tele) Comunicações para a década que começa. Veja, aqui, o pronunciamento do presidente da Anate l.

Iniciando seu pronunciamento, que trouxe já escrito, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações, embaixador Ronaldo Sardenberg, destacou a massificação da banda larga como prioridade absoluta da Agência. São 28 projetos associados ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), quase (73%) concluídos.

Projetos e PNBL

Dentre tais projetos, o planejamento (novo) de TV a cabo e MMDS (Serviço de Distribuição Multiponto Multicanal), com mais prestadores; a revisão dos contratos de concessão para o STFC (Serviço Telefônico Fixo Comutado) até 2015; e a exploração virtual na telefonia móvel, MVNO (mobile virtual network operator). Sardenberg elogiou a multiparticipação na governação do PNBL. "Quem ganha é o Brasil".

icon Leia mais

Ecos: Políticas de (Tele)Comunicações – I

O Seminário de 24 de fevereiro deste ano, em Brasília (DF), ocorreu com timing e em local oportunos. O mandato do Governo Dilma Rousseff se iniciara, semanas antes, em 1º de janeiro. No evento, o titular da pasta das Comunicações, Paulo Bernardo Silva e outros dirigentes, bem como representantes da iniciativa privada e da sociedade civil, trataram dos desafios e soluções do setor das (Tele) Comunicações para a década que começa. Veja, aqui, o panorama.

Um ministro das Comunicações descontraído, mostrando familiaridade com o poder e um tom coloquial na exposição de assuntos complexos. Assim, Paulo Bernardo, sem recorrer a nenhum papel, começou por registrar sua satisfação "pela deferência de ter sido convidado, pela presidente Dilma, para uma pasta de importância prioritária para o País". Referiu-se aos oito anos do Governo Lula, que "tiveram êxito na promoção do crescimento econômico, com respeito ambiental e criando um consumo de massa."

Na cerimônia de abertura, observou o professor Murilo Ramos, da Universidade de Brasília (UnB), "que o ministro, apesar de ser externo ao setor, tal como foi Sérgio Motta, é um profundo conhecedor da máquina governamental". O host do evento, jornalista Rubens Glasberg, lembrou que era "chegado o momento de repensar o atual modelo das comunicações".

icon Leia mais

Embaixador da República Popular da China fala, no âmbito da UFRJ, sobre perspectivas das relações sino-brasileiras

A China é a principal parceria comercial do Brasil, desde 2009. A presidente Dilma Rousseff visitará o “Império do Meio”, de 12 a 15 de abril deste ano. O embaixador da China no Brasil, Qiu Xiaoqi, proferiu palestra, em 22 de março último, no Instituto de Altos Estudos da UFRJ, na Casa do Estudante Universitário, no Rio de Janeiro. Brasil é a bola da vez internacional. Veja aqui.

Formaram a mesa durante a palestra do embaixador Qiu Xiaoqi, no Instituo de Altos Estudos da UFRJ: Segen Farid Estefen, pela Coppe/UFRJ – Instituto Alberto Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro –, que coordenou os trabalhos; e a professora Ana Célia Castro, pelo Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento do IE – Instituto de Economia da UFRJ.

Ainda à mesa: a consulesa-geral da China no Rio de Janeiro, Chen Xialoing; o embaixador Affonso Celso de Ouro-Preto; e a professora visitante da UFRJ Anna Jaguaribe.

icon Leia mais

"60 Minutos do Planeta": TELEBRASIL, SINDITELEBRASIL e FEBRATEL apoiam conscientização sobre o aquecimento global

TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações, SINDITELEBRASIL – Sindicato das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal – e FEBRATEL – Federação Brasileira de Telecomunicações – sustentam a conscientização sobre o aquecimento global. Sábado, dia 26 de março, das 20h30min. às 21h30min., horário de Brasília, ocorre o ato simbólico e voluntário do apagar das luzes por 60 minutos.

Denominada "Hora do Planeta", a campanha de conscientização sobre o aquecimento global é um ato simbólico, em âmbito mundial. A "Hora do Planeta" foi concebida pelo WWF – World Wildlife Fund (Fundo de Defesa da Vida Selvagem) – e pelo jornal diário australiano Sidney Morning Herald.

O primeiro "apagão" voluntário desse tipo aconteceu em 31 de março de 2007, das 19h30min. às 20h30min. Na ocasião, dois milhões de habitantes de Sydney, na Austrália, apagaram, ao mesmo tempo e mantiveram apagadas por uma hora, "todas" as luzes não essenciais da cidade. Foi uma maneira de relembrar a relação entre o gasto de energia e o aquecimento global do planeta.

É usual que, por ocasião de alguma razão significativa, pessoas, agrupamentos e assembleias são chamados a guardarem, juntos, "um minuto de silêncio". O apagar simultâneo de luzes, da "Hora do Planeta", procura o mesmo impacto simbólico.

icon Leia mais

cadastre sua empresa

Convênios e Parcerias

convenios-firmados-telebrasil

Fique Informado!

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Recomende aos amigos!

logo-telebrasil 11

  

TELEBRASIL


foto-localizacao-telebrasil 

Razão Social: TELEBRASIL - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES
Tel.: +55 (21) 2244-9494
Fax:+55 (21) 2542-4092
CNPJ/MF: 42.355.537/0001-14
Inscrição Municipal: 01.062.450

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.