Paulo Bernardo comenta números da TELEBRASIL sobre banda larga

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, comentou na última segunda-feira, dia 17, o índice de 71% de crescimento no número de acessos de banda larga no Brasil divulgado pela TELEBRASIL – Associação Brasileira de Telecomunicações. As declarações do ministro foram publicadas na versão on-line do jornal Valor Econômico. Leia, a seguir, na íntegra, o texto da matéria em que consta o comentário de Paulo Bernardo.

“Governo discute banda larga com entidades de defesa do consumidor

Valor On-line

BRASÍLIA – Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, recebe amanhã (18) entidades de defesa do consumidor para discutir o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). A audiência com o ministro está prevista para as 16h30 e contará com a presença de representantes do Procon, do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) e da Associação Pro-Teste. Na semana passada, Bernardo recebeu as entidades que representam os provedores de acesso à Internet com atuação regional. Em entrevista divulgada hoje pela assessoria pela assessoria do órgão, o ministro afirma que retomará nas próximas semanas as discussões técnicas com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As conversas com a agência reguladora têm por objetivo avançar nas negociações sobre o Plano de Metas de Universal ização (PGMU) da telefonia fixa. O ministro reiterou o interesse de cumprir as tratativas com as concessionárias até o fim de abril para que a renovação dos contratos de concessão seja assinada no dia 1º de maio. A ideia é incluir metas que atendam à necessidade de expansão da banda larga no país. Bernardo comentou ainda o crescimento de 71% dos acessos à Internet banda larga em 2010, segundo levantamento divulgado na semana passada pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). "Estivemos perto de dobrar o número de domicílios com banda larga. Essa é uma notícia muito boa, mas ainda temos menos de 35% da população conectada", ressaltou. (Rafael Bitencourt/Valor)”

icon Leia mais