Conexões M2M vão responder por 5% do tráfego IP no mundo até 2021

04/07/2017

Nos próximos cinco anos (2016-2021), a transformação digital global continuará a ter um impacto significativo nas demandas e requisitos das redes IP, de acordo com dados divulgados no Cisco Visual Networking Index (VNI). O aumento previsto em termos de número de usuários da Internet é de 3,3 bilhões para 4,6 bilhões, ou seja, 58% da população mundial, com crescimento também da adoção de dispositivos pessoais e conexões máquina-a-máquina (M2M) – de 17,1 bilhões para 27,1 bilhões.

O dado é relevante, uma vez que, pela primeira vez em 12 anos de análise, as conexões M2M vão representar mais da metade do total de 27 bilhões de dispositivos e conexões e serão responsáveis por 5% do tráfego IP até 2021. O levantamento aponta que os avanços nas aplicações IoT em casas conectadas, carros e transportes inteligentes, saúde e uma série de outros serviços M2M de nova geração vão impulsionar esse crescimento de quase 2,4 vezes – de 5,8 bilhões em 2016 para 13,7 bilhões em 2021.

Com o surgimento de aplicações conectadas, como monitores de sinais vitais, dispensadores de medicamentos e conectividade para primeiros socorros, o setor da saúde será o segmento de mais rápido crescimento (taxa composta anual de 30%). Aplicações para cidades e carros conectados terão o segundo maior crescimento (29%, cada).

O estudo também aponta que o tráfego dos usuários de Internet estará cada vez mais próximo à borda das redes: até 2021, mais de um terço do tráfego não passará pelo núcleo das redes. O levantamento destaca ainda que, globalmente, até 2021:

35% do tráfego da Internet será transportado dentro das redes metropolitanas, em comparação com 22% em 2016;

23% do tráfego da Internet será realizado em backbones regionais, em comparação com 20% em 2016 e,

41% do tráfego da Internet atravessará os backbones globais entre países, em comparação com 58% em 2016.

Nos próximos cinco anos, o tráfego global de IP também deverá aumentar três vezes, atingindo uma taxa anual de 3,3 zettabytes até 2021, em comparação ao índice anual de 1,2 zettabytes em 2016.

Veja mais matérias da Newsletter Telebrasil

Internet das Coisas impulsiona a transformação digital

Pesquisa global mostra que melhoria na capacidade de entrega de serviços e maior produtividade da força de trabalho são as vantagens empresariais do uso de IoT. Leia mais

Expansão de projetos de IoT redesenha modelo de negócios

Prestadoras de serviços de telecomunicações vão criar novas receitas a partir do melhor uso da conectividade. Leia mais

IoT descortina nova era de conectividade

O usuário precisa enxergar valor no uso da tecnologia IoT, considerando-a eficaz e, sobretudo, segura. Leia mais


Copyright © 2017 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital