Plano de IoT será um marco na revolução digital brasileira

04/07/2017

O Plano Nacional de Internet das Coisas será um marco na revolução digital da sociedade brasileira, afirma a chefe do Departamento de TIC do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Irecê Kauss Loureiro. A executiva, que concedeu entrevista à newsletter da Telebrasil, observa que a Internet das Coisas tem dois objetivos: melhorar a qualidade de vida do cidadão e acelerar a economia do País.

"Com certeza, esse estudo não pode ficar no papel. Ele precisa atuar na economia real para o desenvolvimento do Brasil. Essa é a nossa maior ambição", ressalta a especialista do BNDES. Para Irecê Loureiro, hoje, a tecnologia não é mais um problema para a elaboração dos projetos de Internet das Coisas; a questão é definir um modelo de negócios.

"O papel do BNDES na elaboração do Plano Nacional de Internet das Coisas é de orquestração. Cabe a nós olhar o que existe no Brasil, o que existe fora do Brasil e reunir todo o ecossistema para definir a melhor maneira de viabilizar os negócios", acrescenta. Irecê Loureiro é taxativa: O Brasil está numa etapa muito similar à de vários países e tem possibilidade de ser protagonista, mas precisa de engajamento da indústria local. "Ela precisa ficar atenta ao momento", aconselha.

Do ponto de vista institucional, o BNDES está atuando em conjunto com o governo para definir a política pública, mas o banco de fomento, lembra Irecê Loureiro, já dispõe de uma série de linhas para viabilizar iniciativas na área de IoT.

Atualmente, informa ainda a especialista, está sendo concluído o mapeamento das cinco áreas nas quais o Brasil vai priorizar a sua atuação. O Plano será conhecido em setembro para que ações concretas já aconteçam em 2018. Assistam à entrevista com a chefe do Departamento de TIC do BNDES, Irecê Kauss Loureiro.

Veja mais matérias da Newsletter Telebrasil



Para MCTIC, telecomunicações são a base para a IoT crescer no Brasil

Titular da SEPIN, o secretário Maximiliano Martinhão, diz que o governo trabalha para lançar o Plano Nacional de Internet das Coisas no Brasil, em setembro. Leia mais



Internet das Coisas requer isenção integral do Fistel

Política pública também precisa favorecer a conexão baseada em padrões abertos para massificar a oferta de serviços ao consumidor final, pontua Sergio Kern, diretor do SindiTelebrasil. Leia mais


Copyright © 2017 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações ... Todos os direitos reservados

Produção e edição:Editora Convergência Digital